Instalando e configurando o IBM InfoSphere Data Architect

IBM InfoSphere Data Architect é uma solução de design de dados colaborativa. Ele permite descobrir, modelar, relacionar, padronizar e integrar ativos de dados distribuídos em toda a empresa. Inclui o suporte para tabelas organizadas em colunas e pode oferecer um melhor entendimento dos ativos de dados atuais, para ajudar a aumentar a eficiência e reduzir o tempo de comercialização.
A instalação do IBM InfoSphere Data Architect pode ser feita no Windows ou no Linux, porem o produto (interface) se comporta melhor no Windows, por isso minha recomendação pessoal é que seja utilizado nesse Sistema Operacional.

Instalação

1. Descompacte o arquivo INFO_DATA_ARCH_V9.1.1_FOR_WIN_ML.zip para ter acesso aos arquivos de instalação do IBM InfoSphere Data Architect 9.1.1
2. Execute o arquivo setup.exe para iniciar a instalação

3. O programa de instalação irá apresentar diversas informações sobre o produto, porem para iniciar a instalação selecione a opção “Instalação Administrativa”

4. Será aberto o IBM Installation Manager, se for sua primeira instalação de produto IBM, será necessário instalar também o IBM Installation Manager. Mantenha as opções selecionadas e clique em Next.
Exibindo noname

5. Será necessário aceitar as informações de licença do produto, clique em “I accept the terms in the license agreements” e depois em Next

6. Selecione os diretórios onde deseja armazenar as informações do IBM Installation Manager e os arquivos compartilhados:

7. Faça o mesmo para os dados do IBM InfoSphere Data Architect, selecionando também a arquitetura

8. Selecione os pacotes de linguagem desejados.

9. Selecione as funcionalidades que deseja instalar (recomendo que seja mantido o padrão).

10. Mantenha a opção de ajuda via Web ativa e clique em Next.

11. Será apresentada uma tela com os dados selecionados para que você realize uma revisão, clique no botão Install e aguarde o processo.

12. Pronto, seu produto já foi instalado com sucesso, se seguir a opção padrão o IBM InfoSphere Data Architect será executado quando você apertar o botão Finish.

Configuração para modelagem de dados

1. Ao executar o IBM Data Architect você será questionado quanto ao caminho do seu workspace, selecione o caminho de sua preferência.

2. No menu Window selecione a opção Open Perspective e altere para Modeling (por padrão ele vem como Data).

Pronto, seu ambiente já esta instalado e configurado!

DB2 – Realizando INSERT com o resultado de um SELECT

Essa é uma forma de inserir dados muito útil, que pode simplificar muito seu código.
Vou dar um exemplo:

Imagine que você precisa abrir um registro de RCA (Root cause analysis) para cada desvio de processo. Você já possui um Data Warehouse onde há todos os processos gravados (tanto os finalizados com sucesso quanto os com desvio). Esses RCA’s são armazenados em uma tabela em seu banco de dados.
Dessa forma, utilizando a dica desse post,  você pode criar uma rotina para a partir de alguns dados chave do seu Data Warehouse (mais associações com tabelas auxiliares) realizar a abertura automática de RCA’s para os devidos owners.

Vamos ver qual a sintaxe do SQL:

<strong>INSERT INTO</strong> SCHEMA_X_NAME.TABLE_NAME_INSERT
     (EMPNUMBER, PROJNUMBER, STARTDATE, ENDDATE)
  <strong>SELECT</strong> EMPNO, PROJNO, EMSTDATE, EMENDATE
    <strong>FROM</strong> SCHEMA_Y_NAME.NAME_SELECT

No caso o INSERT seria feito na tabela SCHEMA_X_NAME.TABLE_NAME_INSERT a partir dos dados da tabela SCHEMA_Y_NAME.NAME_SELECT.

O comando é bem simples, eu mesmo já utilizei diversas vezes.
Espero ter ajudado, qualquer dúvida deixem um comentário.
Obrigado.

Removendo registros duplicados em uma tabela

Muitas vezes nos deparamos com a necessidade de remover registros duplicados em uma determinada tabela do Banco de Dados. No caso que vou compartilhar com vocês comparamos os registros mantendo apenas o registro mais antigo na base.

Considerando

SCHEMA_NAME: Nome do seu Schema no banco de dados;
TABLE_NAME: Nome da tabela onde temos os registros duplicados;
CAMPO_A_TIMESTAMP: Campo (DATE ou TIMESTAMP) que iremos utilizar de parâmetro para verificar qual o registro mais antigo;
CHAVE: Campo que indica o numero do registro duplicado (código do produto, numero do incidente, …);

Temo o seguinte SQL

DELETE
FROM <strong>SCHEMA_NAME</strong>.<strong>TABLE_NAME</strong> A
WHERE
<strong>CAMPO_A_TIMESTAMP</strong> &gt;
(SELECT MIN(<strong>CAMPO_A_TIMESTAMP</strong>)
FROM <strong>SCHEMA_NAME</strong>.<strong>TABLE_NAME</strong> B
WHERE A.<strong>CHAVE</strong> = B.<strong>CHAVE</strong>)

Espero que a dica tenha sido útil, caso tenham alguma dúvida é só deixar um comentário. Obrigado.