Instalando e configurando (DB2) o Squirrel SQL no Linux

O Squirrel SQL é uma ótima opção de client SQL, pois além de possuir diversas funcionalidades sua distribuição é livre.  Segue o passo a passo para instalação e configuração do Squirrel SQL no Linux.

Instalação

1. Primeiro acesse o site http://squirrel-sql.sourceforge.net/e clique em Download and Installation.
2. Selecione a opção Install jar of SQuirreL 3.6 for Windows/Linux/others (ou superior)
3. Faça o download do instalador.
4. O instalador é um .jar, uma extensão compilada do Java. Abra uma janela de terminal, vá até o diretório do instalador e digite java -jar squirrel-sql-3.6-standard.jar

Será aberta a seguinte tela de instalação, clique em Next

5. Aqui são algumas informações. Caso queira ler fique a vontade, ou então clique em Next.

6.  Nessa tela ele irá pedir qual a pasta de instalação, no meu caso é a “/home/antonioc/squirrel-sql-3.6″, altere para uma de sua preferência ou deixe a padrão. Clique em Next.

7. Caso a pasta informada não exista, a seguinte mensagem será exibida. Clique em OK para criar a pasta.

8. Agora aparecerá a tela para selecionarmos os pacotes a serem instalados, mantenha o Base e o Standard selecionados e escolha os plugins que deseja instalar (podem ser adicionados depois da instalação também).

9. Aguarde o processo de instalação de clique em Next

10. A primeira opção cria um atalho no menu iniciar do sistema. Caso queira que seja criado um atalho na área de trabalho marque também a segunda opção. Clique em Next.

11. Seu Squirrel SQL esta instalado.

Configuração (DB2)

Iremos configurar o Squirrel SQL para conectar a uma base de dados DB2, para isso e necessário que  haja um client DB2 instalado na maquina.

1. Abra o Squirrel e selecione a opção Drivers.

2.  Localize na lista de Drivers o “IBM DB2 App Driver”,  e dê um duplo clique nele para editar suas configurações. Preencha o formulário com as informações abaixo:
Name: IBM DB2 App Driver
Exemple URL: jdbc:db2:<dbname>
Web Site URL: http://www-306.ibm.com/software/data/db2

Class Name: com.ibm.db2.jcc.DB2Driver

Extra Class Patch:
/opt/IBM/db2/V9.7/java/db2jcc.jar
/opt/IBM/db2/V9.7/java/db2jcc_license_cu.jar
/opt/IBM/db2/V9.7/java/db2jcc_license_cisuz.jar


Utilize o botão Add para adicionar as classes

Após preencher todos os dados, selecione OK. Caso queira utilize o botão Show Loaded Drivers Only para exibir apensa os drivers configurados.

Pronto, o seu Squirrel SQL já esta com o Driver DB2 configurado, agora vamos adicionar uma conexão com um banco de dados.

1. No menu a esquerda clique em Aliases e depois no sinal “+”.

2.  Na tela que abrir insira um nome para a conexão, selecione um Driver, e preencha o usuário e a senha de acesso ao banco.

3. Selecione o botão Properties para configurar algumas variáveis da conexão. Em Driver Properties, habilite a opção “Use driver properties” e depois clique com o botão direito em uma das linhas e selecione Add Property:

Irá abrir uma janela para você preencher as informações:
Property Name: retrieveMessagesFromServerOnGetMessage
Property Value: true
Selecione o botão Add:

Selecione a opção Specify para a nova linha inserida e depois clique em OK
Essa nova linha garante que o DB2 retorno uma mensagem com a descrição do erro encontrado em uma instrução SQL.

4.Selecione o botão Test para verificar se esta funcionando.

Acione o botão Connect para realizar a conexão com o banco de dados.

Será exibida uma mensagem informando que a conexão foi realizada com sucesso.

Pronto sua conexão com o banco de dados foi criada com sucesso! Para criar outras conexões DB2 você pode duplicar essa que você criou e alterar apenas as informações de conexão.

Instalando e configurando o IBM InfoSphere Data Architect

IBM InfoSphere Data Architect é uma solução de design de dados colaborativa. Ele permite descobrir, modelar, relacionar, padronizar e integrar ativos de dados distribuídos em toda a empresa. Inclui o suporte para tabelas organizadas em colunas e pode oferecer um melhor entendimento dos ativos de dados atuais, para ajudar a aumentar a eficiência e reduzir o tempo de comercialização.
A instalação do IBM InfoSphere Data Architect pode ser feita no Windows ou no Linux, porem o produto (interface) se comporta melhor no Windows, por isso minha recomendação pessoal é que seja utilizado nesse Sistema Operacional.

Instalação

1. Descompacte o arquivo INFO_DATA_ARCH_V9.1.1_FOR_WIN_ML.zip para ter acesso aos arquivos de instalação do IBM InfoSphere Data Architect 9.1.1
2. Execute o arquivo setup.exe para iniciar a instalação

3. O programa de instalação irá apresentar diversas informações sobre o produto, porem para iniciar a instalação selecione a opção “Instalação Administrativa”

4. Será aberto o IBM Installation Manager, se for sua primeira instalação de produto IBM, será necessário instalar também o IBM Installation Manager. Mantenha as opções selecionadas e clique em Next.
Exibindo noname

5. Será necessário aceitar as informações de licença do produto, clique em “I accept the terms in the license agreements” e depois em Next

6. Selecione os diretórios onde deseja armazenar as informações do IBM Installation Manager e os arquivos compartilhados:

7. Faça o mesmo para os dados do IBM InfoSphere Data Architect, selecionando também a arquitetura

8. Selecione os pacotes de linguagem desejados.

9. Selecione as funcionalidades que deseja instalar (recomendo que seja mantido o padrão).

10. Mantenha a opção de ajuda via Web ativa e clique em Next.

11. Será apresentada uma tela com os dados selecionados para que você realize uma revisão, clique no botão Install e aguarde o processo.

12. Pronto, seu produto já foi instalado com sucesso, se seguir a opção padrão o IBM InfoSphere Data Architect será executado quando você apertar o botão Finish.

Configuração para modelagem de dados

1. Ao executar o IBM Data Architect você será questionado quanto ao caminho do seu workspace, selecione o caminho de sua preferência.

2. No menu Window selecione a opção Open Perspective e altere para Modeling (por padrão ele vem como Data).

Pronto, seu ambiente já esta instalado e configurado!

Dica de leitura – Tecnologia e Projeto de Data Warehouse

Para aqueles que pretendem trabalhar na área de Business Intelligence e buscam uma leitura simples, que esteja em seu idioma nativo (português) o livro ‘Tecnologia e Projeto de Data Warehouse’ de ‘Felipe Nery R. Machado’ é uma ótima opção.

Tecnologia e projeto de Data Warehouse

 

Além de abordar os principais assuntos relacionados a BI, o livro traz alguns casos de estudo para que o leitor consiga entender como os conceitos apresentados são aplicados.

Algumas informações sobre o livro:

Autor(es): Felipe Nery Rodrigues Machado
I.S.B.N.: 978-85-365-0012-6
Edição:
Ano: 2013
N. Páginas: 320
Formato: 17 x 24 cm
Peso: 0,520 Kg

Sinopse

A tecnologia Data Warehousing (processo de fazer Data Warehouse) é considerada a evolução natural do Ambiente de Apoio à Decisão. Sua crescente utilização pelas empresas está relacionada à necessidade de dominar informações estratégicas para garantir respostas e ações rápidas, assegurando a competitividade de um mercado altamente mutável.

Com uma apresentação técnica diferenciada, embasada na experiência em processos de Data Warehousing, o professor e consultor Felipe Machado passa seu conhecimento, neste livro, com linguagem simples e objetiva, o que permite a compreensão gradativa e efetiva das técnicas. Com essa nova forma de pensar, enfatizando a importância e o formato dos processos tecnológicos inerentes a essa arquitetura, tais como ETL e gestão de metadados, o Data Warehousing transforma-se em um processo menos complicado.

Destacando aspectos conceituais e a orientação à gestão de negócios, a obra traz exemplos e estudos de caso, introduzindo as características do ambiente de Data Warehouse, seus componentes e papéis. Mostra, ainda, os processos e as ferramentas dessa tecnologia.

Apresenta as necessidades e motivações para o uso desse recurso, além do CRM (Customer Relationship Management), explicando como realizar Business Intelligence (BI) e a importância da modelagem multidimensional.

Explica a granularidade de dados e seus níveis, a modelagem de dados, entidades, relacionamentos, atributos, restrições de integridade e traz tópicos avançados em modelo E-R. Descreve o recurso OLAP (OnLine Analytical Processing) e suas operações básicas, os modelos star e snowflake, elementos básicos de fatos e medidas, o projeto físico e as dimensões.

Um estudo de caso mostra o sistema atual, as necessidades executivas, a identificação do fato e as estruturas possíveis. Outro estudo de caso consiste em um hotel e seus serviços, dimensões e o modelo final, além de um terceiro estudo de caso sobre administração de clínicas médicas.

O livro destina-se àqueles que já possuem alguma experiência em modelagem de dados, necessitam aprimorar conhecimentos e implementar um ambiente de Data Warehouse, considerando-se a versão 2008 do SQL Analisys Server e os conceitos estratégicos de BI Competence Center.

Na sexta edição, são apresentadas definições e tecnologias de Big Data e sua correlação com Data Warehouse, para que o leitor sempre acompanhe um padrão de conteúdo atualizado de tecnologias.

Links relacionados:

DB2 – Calcular a diferença entre duas datas

Muitas vezes precisamos calcular a diferença entre duas datas, porem uma simples subtração não resolve o nosso problema. Para tanto devemos utilizar a função TIMESTAMPDIFF do DB2, funcionando da seguinte forma:

&gt;&gt;-TIMESTAMPDIFF--(--expression--,--expression--)--------------&gt;&lt;

No caso o primeiro parâmetro é um número que indica qual será o formato do resultado (dias, minutos, semanas, …), seguindo a seguinte tabela:

1 Fractions of a second
2 Seconds
4 Minutes
8 Hours
16 Days
32 Weeks
64 Months
128 Quarters
256 Years

O segundo parâmetro é onde será adicionada sua expressão, ou seja onde você fará a subtração entre datas:

DATA_HORA_FECHAMENTO - DATA_HORA_ABERTURA

Para finalizar segue um exemplo de como ficaria a consulta SLQ utilizando a função:
SELECT  TIMESTAMPDIFF(4, DATA_HORA_FECHAMENTO - DATA_HORA_ABERTURA)
    FROM YOUR_SCHEMA.YOUR_TABLE
GO

No caso o retorno será a diferença entre a data hora de fechamento e a data hora de abertura, sendo retornado em minutos, já que utilizamos o parâmetro 4.

O DB2 utiliza a seguinte regra para fazer os cálculos:

  • There are 365 days in a year.
  • There are 30 days in a month.
  • There are 24 hours in a day.
  • There are 60 minutes in an hour.
  • There are 60 seconds in a minute.

Espero ter ajudado, qualquer dúvida deixem um comentário.
Obrigado.